OS "MEUS"

segunda-feira, abril 29, 2013

(Pensei muito antes de publicar este post. Ficou aqui guardado umas boas horas, mas decidi posta-lo. Este blogue é muito mais que beleza, muito mais que moda, muito mais que séries de tv.. Já disse que não gosto de colocar etiquetas no blogue, apesar de ele ter uma vertente de beleza, é um pouco o meu escape, o meu diário...assim decidi publicar)


Quando somos pequenos nunca pensamos muito nas consequências das escolhas que fazemos! Claro que ao crescer os nossos pais dizem-nos que todos os actos têm consequências, que um passo em falso pode mudar tudo, que uma escolha errada pode fazer tudo desaparecer. Mas poucas vezes nos falam das escolhas simples do dia-a-dia, eu diria que crescer é fazer escolhas e aceitar as consequências, e algo que apenas me apercebi quando cresci e me tornei adulta que todas as escolhas que faço tem consequências, boas e más ao mesmo tempo. Eu explico, se fico a trabalhar até tarde a consequência boa é que me torno melhor profissional, rentabilizo mais o que me pagam ao final de cada mês, mas a consequência má é tirar tempo aqueles que amo, à minha família, ao blogue, à Sookie, etc. Todos me falaram das escolhas más, mas nunca me falaram no balanço da escolhas, porque é disto que se tratar. Balançar as escolhas, e aceitar as consequências!!

Quando me mudei para Lisboa sabia do risco da escolha, ainda hoje quase 1 ano depois não me arrependo! Mas sabia que para estar com o Sr. Batata Quase Casado, para ter trabalho cá tinha que pagar um preço, e esse foi estar afastada da minha mãe e do meu irmão (as pessoas que tenho mais próximas de mim), os “meus” como diz a música do Valete, eles são os “meus”!!!  A grande maioria das vezes o preço que pago é alto, tão alto que por vezes mal me custa respirar, custa-me ver que eles precisam de mim, precisam do meu apoio e eu estou demasiado longe, demasiado ocupada…

Isto tudo para dizer que o difícil é encontrar um meio termo, difícil é balançar tudo… Viver com a culpa da ausência...E por vezes, como é o caso andamos com o mundo nas costas!! E por vezes, estamos com dores no peito há semanas, como é o caso…

Um beijo grande para os “meus”!!

Pode gostar também de...

6 comentários

  1. boa tarde:
    Se me permites dizer o facto de sentires esses sentimentos é bom sinal pois muitos nem pensam nos Seus,por vezes um telefonema dizendo que Os amamos ameniza a dor da ausência,um beijinho querida!
    http://brancaneve37.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Como te entendo, estou a milhares de km's dos 'meus' mas teve de ser, criar uma nova vida e com melhores condiçoes! Beijinho*

    http://cronicasdasu.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Eu se ficar nem que seja um dia longe dos "meus" morro de saudades...mas também ainda não tomei o rumo que tu tomaste...sou nova ainda.

    ResponderEliminar
  4. Como te entendo pois desde que saí de casa, às vezes sinto esse aperto no peito. O importante é encurtar a distância como conseguimos e podemos. E deixá-los sempre saber o quão são fundamentais para nós! Beijinho grande*

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Muita coragem,muita força, muita determinação e muito empenho....mesmo que uns dias a Ana sinta que falha nos outros está a fazer o melhor possivel....as decisões ficam sempre caras mas temos que fazer escolhas e essas têm sempre um lado menos bom. Força
    beijinhos

    ResponderEliminar

Olá Meninas e Meninos,
Todos os comentários são importantes para mim. Obrigada pelo vosso tempo.
XOXO

Posts recentes