O MEU CACTO É UM SERIAL KILLER

sexta-feira, março 13, 2015

Olá meninas e meninos,
Hoje falo-vos de um caso verídico que me toca muito...vivo há quase um ano com um assassino na minha casa, comprei-o e pensei que estava a criar um cacto fofinho, mas criei um monstro!! Tudo começou há quase um ano quando comprei no AKI um cacto, para não o ver sozinho num vaso, criei para ele um terrário bonito e com companhia de outro cacto mais pequeno, e coloquei-o num lugar de destaque da minha sala. No primeiro mês não notei grande diferença, os dois cactos habitavam o terrário e conviviam bem, mas passados alguns meses o cacto mais pequeno começou a crescer e crescer, como uma boa mãe orgulhosa do seu “rebento” mostrava-o ao mundo “Já viram como ele cresceu?”, até que um dia sem motivo aparente ele começou a mingar (sim, mingar…), fiquei preocupada, mas mantive os cuidados normais até que um dia vi que ele basicamente era inexistente, ao seu lado o outro cacto estava bonito, maior e “alegre”. Pensei que era uma má mãe, martirizei-me porque pensei que a culpa fosse minha, que lhe tinha dado água a mais, e que nunca mais iria comprar outro para repor. A minha mãe sabendo do meu desgosto com o pequeno cacto falecido, decidiu no Natal oferecer-me um novo, todo ela bonito, mudei-o para o terrário pouco tempo depois, e tudo corria alegremente até que há coisa de um mês, este novo começou também a diminuir… de tal maneira que se encontra no estado em que podem ver!




Percebi que estava errada, que não era uma mãe negligente, mas sim que criei um serial killer no terrário, que em menos de 1 ano matou dois inocentes cactos. Contudo, coração de mãe é fraco e não o consigo renegar… Também ainda não sei muito bem o que fazer com ele, talvez esperar…..

Tudo isto para primeiro alterar para os perigos dos cactos inocentes, e segundo se alguém tem alguma sugestão...
XOXO

Pode gostar também de...

2 comentários

Olá Meninas e Meninos,
Todos os comentários são importantes para mim. Obrigada pelo vosso tempo.
XOXO

Posts recentes