CRÓNICA DE UMA BATATA QUASE CASADA #35

quarta-feira, abril 30, 2014

Olá meninas e meninos,
Hoje venho-vos falar da habilidade de todos os homens em se tornarem bebés quando estão doentes! Sim, como por magia tornam-se autênticas criancinhas e basicamente nos as suas mamãs. Esta semana o Sr. Batata Quase Casado ficou doente, e eu tive logo vontade de ficar também, tal era o medo do que me esperava! Fiquei com ele dois dias em casa e já não aguentava, o homem ficou a coisa mais piegas que alguma vez vi (mentira! Já o tinha visto em semelhante situação, e por isso, temi por mim). O primeiro sintoma da doença é logo "falar à bebé", exemplo "Tou muito doentinho!", o uso do termino "inho" só por si já assusta qualquer mulher adulta num raio de 20kms. Segundo sintoma, deixa de ter capacidade para fazer tudo "Amor, ela (a nossa cadela Sookie) não me larga, está-me só a fazer mal!", claro eu como a mamã salvadora tinha que o ajudar. Terceiro sintoma, perdem a capacidade de fazer simples funções como pensar, ir buscar coisas, cozinhar, atender telefonemas, pensar, moverem-se… Quarto sintoma, ficam chatos com a comida, sobretudo se tem de fazer dieta "Não quero isso!", "Não me apetece comer!", e depois como é que se obriga um homem adulto a comer? Ah pois é, percebem o drama? Eu resolvi o problema com um olhar mortífero e um levantar de voz "Come já!".

Resumindo os homens quando ficam doentes transformam-se não em zombies, mas quase.. em versão bebé!

Contém lá as vossas experiências com os vossos doentinhos? LOL

XOXO

Pode gostar também de...

4 comentários

  1. Eu não vivo com o meu mais que tudo mas ele é mais ou menos assim. Só tem uma diferença: no início amar-se em forte! Ah e tal eu estou bem, diz ele e de repente caí pro lado :D

    ResponderEliminar
  2. Onde é que eu já vi isso, lololol. Aqui em casa é igual ;)

    ResponderEliminar
  3. Adoro estas tuas crónicas! Eu não vivo com o me namorado mas ele é assim!! Por acaso estes dias apanhou uma corrente de ar e ficou ligeiramente constipado, tem andado a espirrar e é logo o fim do mundo!! Parece um autêntico bebé!! ME-DO!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Denise,
      Ainda bem que gostas! :$ Há dias em que a inspiração me faz escrever 10, outros em que nem por isso. Tento sempre espelhar a minha vida e a minha realidade, porque é normal/comum... e acho importante também rir destas coisas. Sim, são os maiores mariquinhas, mas pensam sempre que não... Por exemplo, lembram-se de doenças que aconteceram há 1000 anos, que mais ninguém se lembra, só para se puderem queixar, caso alguém o faça. Tipo... "hoje doi-me a cabeça", e eles "e a mim? há 20 anos uma vez tive uma dor de cabeça, tive que ir ao médico". COisas assim... :P
      XOXO

      Eliminar

Olá Meninas e Meninos,
Todos os comentários são importantes para mim. Obrigada pelo vosso tempo.
XOXO

Posts recentes