CRÓNICA DE UMA BATATA QUASE CASADA #32

quarta-feira, fevereiro 19, 2014

Olá meninas e meninos,
Contrariamente ao que o Sr. Batata Quase Casado pensa esta rúbrica não é apenas e só para o envergonhar, ou dizer mal dele. Não! Esta rubrica fala de mim, de nós e da nossa vida enquanto casal, e também como é o caso para reconhecer o mérito que ele possui.

O Sr. Batata Quase Casado tem muitos defeitos (quem não os tem?), ele rouba-me a roupa da cama, ele reclama da minha ocupação indevida de espaço, mas mais do que nunca sei que tenho comigo o meu melhor amigo, aquele que nunca me deixa, sobretudo nos momentos de maior aflição, nos momentos em que preciso mais de alguém ele está lá, e é bom perceber isso. As relações amorosas são feitas também de amizade, partilha, e companheirismo, é saber vestir a camisola quando é necessário, ceder quando é preciso e ser o pilar do outro, quando o outro não pode ser.

Depois desta minha perda passei a dar ainda mais valor à pessoa que tenho a meu lado, que me surpreendeu pela sua humanidade e amor, não que eu não soubesse que ele tem um coração grande (mas às vezes anda escondido), mas depois deste fim-de-semana soube que não há ninguém com quem queira estar que não ele! Que ele me completa! E que uma relação só pode sobreviver quando há amizade, mais do que tudo...

E pronto, termino como comecei o post, contrariamente ao que ele pensa esta rubrica é sobre nós, e o nós é tão bom!

PS: Assim que lhe disse que tinha escrito um post para o blogue sobre ele o comentário dito com voz de medo "o que fiz agora?"


XOXO

Pode gostar também de...

3 comentários

  1. Adoro esta crónica :D É das minhas preferidas por cá!
    Deixei um presente para ti no meu blog :) Espero que gostes e que respondas :D
    Beijinhos *

    http://www.sweetseptember-a.blogspot.com

    ResponderEliminar

Olá Meninas e Meninos,
Todos os comentários são importantes para mim. Obrigada pelo vosso tempo.
XOXO

Posts recentes