CRÓNICA DE UMA BATATA QUASE CASADA #28

sexta-feira, julho 05, 2013

Olá meninas e meninos,
Com saudades da crónica?

Quando uma pessoa casa ou quase casa (como é o meu caso), sabe que há coisas das quais não pode fugir (como é o caso da família do marido/namorado LOLOL #abrincar #nãoestounadaabrincarmasohomempodeleristo), e mais dia menos dia alguém vai puxar o assunto – bebés. Este assunto pode ser abordado de duas maneiras:

1ª Um dia surge a pergunta mais temida: “Então e bebés?”. Esta pergunta já me foi colocada algumas vezes, no início ignorava, depois passei a dizer “não queremos”, mas ao ver o ar assustado da minha mãe decidi mudar de estratégia, e agora apenas digo “daqui a quatro ou cinco anos”, ou então “ainda somos muito novos, temos tempo”, também já ouvi comentários do género “isso ainda seca, e depois não tens” (pérolas). Eu sei que os índices de natalidade estão baixos, mas quer dizer… não serei eu sozinha que farei isto aumentar. Sinceramente quero ter filhos, mas com 27 anos não me sinto preparada, se me dissessem “estás grávida”, a coisa ia demorar a passar na garganta, sinto que ainda me falta tanto, que tenho tanta coisa para fazer, tanto para viver, e sinto que ainda não é altura. Neste momento, tenho uma casa e vida preenchida.

Portanto, meus amores… ainda demora, e já agora – Parem de perguntar!!!

2ª: Quando uma mulher fica doente, por qualquer razão, a teoria é sempre “isso deve ser gravidez”, normalmente a pessoa que teoriza é alguém muito próximo (mãe, prima, amiga, sogra, etc), porque só alguém muito próximo para se atrever a isto, e sempre mulher. Vou dar-vos alguns exemplos:

Exemplo 1:
Filha: Hoje estou mole, não sei o que tenho, estou estranha…
Mãe: Isso é gravidez!

Exemplo 2:
Filha: Doí-me a sola dos pés…
Mãe: Isso é gravidez!

Exemplo 3:
Filha: Hoje acordei inchada…
Mãe: Isso é gravidez!

Exemplo 4:
Filha: Doí-me os olhos…
Mãe: Isso é gravidez!

Enfim, para algumas pessoas tudo pode ser sinal de gravidez, respirar só por si pode ser um sinal de gravidez LOLOL

Agora gostava de saber como agem nestes casos? O que dizem? Contem tudo!!!

XOXO

Pode gostar também de...

6 comentários

  1. Ana,
    Passei pelo mesmo que tu e posso dizer-te que só fui mãe aos 37 (há dois anos atrás) e fui muito tempo...cada um sabe de si e, mesmo que nunca quisesses ter filhos, a opção era tua e as pessoas têm que respeitar a opção de cada um.
    Eu respondia sempre a mesma coisa "lá chegará o dia"...quando insistiam muito não ligava ao que diziam.
    TU é que sabes quando e se queres, ser mãe...as pressões, não ligues....
    Eu não me arrependo nada de ter sido mãe mais tarde, estou muito feliz com a minha pimpolha.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Deve ser complicada essa fase. E, segundo dizem, depois do 1º vem 'e para quando o 2º?!' portanto nunca nos livramos verdadeiramente dessas perguntas é isso?! Acho que sim. Portanto parece-me que sorrir e acenar é o melhor remédio :)

    ResponderEliminar
  3. "isso deve ser gravidez" odeio quando me dizem isso :/

    ResponderEliminar
  4. Não é nada fácil, as vezes só me apetece dar carolos em certa gente. Está quase a fazer 6 anos que vivo com o meu namorido e ele é 8 anos mais velho do que eu, então a família passa o tempo todo com a mesma conversa. Até a minha mãe fazia isso, só deixou de fazer quando eu me chateei mesmo e disse que não queria ter filhos. A verdade é que tenho 24 anos e é como tu dizes ainda nos falta muito par "fazer e viver" e quem sabe da nossa vida somos nos e não os outros.
    Já mandei muita gente "ir cavar com um marrão" por causa dessa conversa só depois estas muito velha e não consegues. Acho cá uma falta de respeito essas conversas!
    O que tem de bom é que são fases, há alturas que não se calam com isso, há outras que se esquecem e vai sendo sempre assim, pelo menos comigo tem sido, se bem que já pensam duas vezes antes de abrir a bocarra pa dizer asneiras.
    Adoro este tipo de post.
    Bjs*

    ResponderEliminar
  5. uiii já me abordaram com esse assunto algumas vezes. Mas nunca a minha mãe nem sogra. Sempre amigos (sobretd os q já têm,pk será? lol) ou primos, etc. Já namoro há quase 10 anos, vivemos juntos durante alguns anos e agora por vicissitudes da vida neste momento não nos é possível nem vivermos juntos nem termos filhos. Eu com a tua idade dizia o mesmo, e pensei q com o avançar da idade ia se tornar mais claro qdo quereria ter filhos, mas tenho 29 e até agora nada...O meu sogro sim está sempre a perguntar (até pq diz q entre tds os amigos da sua idade ele é o único q n tem netos..n gostei da comparação...pq isto n é um programa de entretenimento a ver quem tem mais netos ou n..se fosse assim tão simples..) Mas prontos eu ignoro...ou digo "ta quase"lol tipo mm no gozo e assim calam-se mais rápido!
    A minha mãe ela respeita esse assunto e diz q nisso n se mete! Gosto deste tipo de opinião. Bjss

    ResponderEliminar
  6. Ah, o fantástico tema dos bebés!! Eu namoro (ainda não estou noiva nem perto de casar) e já me farto de ouvir isso da boca do pai do meu namorado. Puxa o assunto quase sempre que vou lá a casa e já por várias vezes se saiu com a frase "olhem que já tenho ali uma bicicleta para o vosso rapaz". Que medo!! Por enquanto dizemos que "não pensamos nisso" ou "não temos condições", o que é verdade, ainda nem sequer vivemos juntos!!!
    É irritante confesso, até porque eu estou mais virada para o não ter filhos, ainda tenho tanto que viver e conhecer!!

    ResponderEliminar

Olá Meninas e Meninos,
Todos os comentários são importantes para mim. Obrigada pelo vosso tempo.
XOXO

Posts recentes